Acta da assembleia-geral da SPH 2013

Publicado em: Actas, Publicações | 0

Acta da AG ordinária de 14/11/2013

Ordem de Trabalhos

1-      Informações gerais

2-      Relatório e contas

3-      Próximas reuniões

4-      Discussão geral

Ponto 1

Não foi possível realizar a acreditação da reunião, junto da EHA, por dificuldades devido ao peso burocrático e ao processo ter sido iniciado tardiamente.

Ponto 2

Receita líquida de 67 816 € na reunião de 2012 (números fechados)

Reunião de 2013 receitas de 158000€ com despesas de 133894€ em estimativa.

Em 2013 473 inscrições.

Número atual de sócios 168 (com quotas em dia 60).

Foi discutido o financiamento dos grupos e as dificuldades inerentes à contabilidade sectorial.

As bases de dados de MM, SMD e NMP Ph- passaram a ser propriedade da SHP, com manutenção estabelecida.

No exercício de 2012 56 890.47€ de lucro de exercício.

Foi votado e aprovado por unanimidade o relatório e contas.

As verbas decorrentes dos juros dos depósitos à ordem são suficientes para cobrir as despesas fixas da Sociedade.

Ponto 3

A reunião de 2014 será organizada pelo IPO Lisboa, em local a determinar, em meados de Novembro idealmente em 13-14 e 15 senão preferencialmente 20-21 e 22.

A reunião de 2015 será organizada pelo CHUC Professora Letícia Ribeiro.

Ponto 4

Decorreu um concurso para bolsas, em Fevereiro de 2013, em que de quatro candidaturas foram selecionadas duas (Dra. Margarida Badior Ferreira e Dra. Eliana Vale Aguiar)

Decorreu novo concurso em Setembro de 2013 estando ainda em processo de finalização a decisão das aprovações.

Foi discutida a preocupação existente com a escassez de medicamentos essenciais para a prática da hematologia, com escassez europeia e sem possibilidade de substituição.

Esta escassez depende apenas de deficit de produção por responsabilidade da indústria.

Foi solicitada a marcação de uma reunião dos diretores de serviço de Hematologia com outros elementos para discutir as modificações do sistema de financiamento.

Foi discutido mandatar a direção para contestar o atual modelo de contratação de especialistas, protestar contra a dificuldade de circulação de profissionais e solicitar a realização de concursos para acesso à carreira, mesmo sem incremento remuneratório, enquanto tal não for possível.

Foi proposto a atribuição do grau de sócio emérito a todos os anteriores presidentes da SPH, mesmo que a título póstumo.

Foi dada a informação da candidatura de Lisboa à realização do EBMT em 2017, com o apoio da SPH.

Foi votada a presente ata, que foi aprovada por unanimidade.

Porto 15/11/2013