Nesta área tem acesso aos eventos nacionais e internacionais que dizem respeito à área da Hematologia. Pode optar por visualizar a Agenda por dia, mês ou semana. Pode clicar em “Ler mais” e encontrar informação mais detalhada.

 

Mai
16
Qui
2019
XVIII Congresso de Nutrição e Alimentação
Mai 16@08:30_Mai 17@18:30
XVIII Congresso de Nutrição e Alimentação

O Valor da Nutrição é o tema do XVIII Congresso de Nutrição e Alimentação, da Associação Portuguesa de Nutrição, que tem lugar nos dias 16 e 17 de Maio, no Porto.

O evento conta com o patrocínio científico da Sociedade Portuguesa de Hematologia (SPH), cujo programa pode ser consultado AQUI.  As inscrições online podem ser feitas em http://www.cna.org.pt/pre-inscricao até ao próximo dia 15 de maio de 2019 | 18h00.

Informações adicionais podem ser consultadas em http://www.cna.org.pt.

Mai
17
Sex
2019
3ª edição do Curso “Risco de Infeção na Imunomodulação / Imunossupressão – O que precisamos saber?”
Mai 17@09:00_Mai 18@18:00
3ª edição do Curso “Risco de Infeção na Imunomodulação / Imunossupressão – O que precisamos saber?”

Tem lugar nos próximos dias 17 e 18 de Maio / 24 e 25 Maio / 31 maio e 1 junho de 2019 a 3ª edição do Curso “Risco de Infeção na ImunomodulaçãoImunossupressão – O que precisamos saber?”. O evento conta com o patrocínio científico da Sociedade Portuguesa de Hematologia.

Todos os detalhes do evento podem ser consultados aqui.

Os ganhos obtidos com a utilização de fármacos imunossupressoresimunomoduladores e terapêuticas biológicas foram conseguidos à custa do aumento do risco de complicações de natureza diversa, entre as quais as infeciosas.

Os avanços tecnológicos mais recentes possibilitaram o reconhecimento de novos mecanismos fisiopatológicos que estão na génese daconceção atual e futura de moléculas que visam intervir em novos alvos, as quais poderão modificar o atual paradigma de abordagem clínica e terapêutica de algumas patologias, entre as quais as auto-imunes, as oncohematológicas e as relacionadas com a transplantação.

Este curso pretende estimular parcerias e boa articulação com as diversas especialidades envolvidas, sendo, também, uma oportunidade única para estreitar laços profissionais, tendo como objetivos obter ganhos de saúde e de qualidade no acompanhamento integrado dos doentes.

De acordo com a avaliação e estratificação dos riscos, a sua gestão programada através de aconselhamento personalizado, imunização ativa e passiva, quimioprofilaxia ou tratamento preemptivo contribui para antecipar e evitar o desenvolvimento de complicações infeciosas que conduzem à modificação dos regimes terapêuticos, numa parte apreciável dos doentes, com consequências clínicas desfavoráveis e acréscimo significativo de custos.