Nesta área tem acesso aos eventos nacionais e internacionais que dizem respeito à área da Hematologia. Pode optar por visualizar a Agenda por dia, mês ou semana. Pode clicar em “Ler mais” e encontrar informação mais detalhada.

 

Mar
26
Qui
2020
11th AIMS Meeting
Mar 26@09:00_Mar 29@18:00
11th AIMS Meeting @ Aula da Magna da Universidade de Lisboa

O AIMS Meeting [Annual International (Bio)Medical Students Meeting] é um dos maiores e mais conceituados encontros científicos em Portugal, sem fins lucrativos. Desenvolvido pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, tem como principal público-alvo estudantes de Medicina a nível pré-graduado, nacionais e internacionais. Presentemente, a Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa e a Comissão Organizadora do AIMS Meeting preparam a 11.ª edição deste projecto, que terá lugar entre os dias 26 e 29 de Março de 2020, prevendo-se a participação diária de cerca de 1250 estudantes portugueses e estrangeiros e mais de  210  investigadores, oradores, Professores e médicos especialistas. Estes números permitem afirmar o AIMS Meeting como o maior congresso organizado por estudantes de Medicina da Europa.  

O evento conta com palestras de peritos na sua área sobre inovações na Medicina, workshops que complementam o ensino médico, competições de trabalhos científicos, bem como com um programa social completo.

A 11.ª edição vai decorrer na Aula da Magna da Universidade de Lisboa e vai ter os seguintes módulos: “Mind Over Matter” – Neurosciences, “Better, Faster, Stronger“ – Upgrade Yourself e “Designed to Fail” – Self Destruction.

Há já a confirmação dos seguintes oradores:

– Professor Tim Huntprémio Nobel em Fisiologia ou Medicina em 2001, pela descoberta do papel das ciclinas no controlo da divisão celular.

– Professor Jonathan Patzprémio Nobel da Paz em 2007, enquanto lead author do Painel Intergovernamental sobre as Alterações Climáticas das Nações Unidas.

– Dr. Nir Barzilai, diretor do Institute for Aging Research na Albert Einstein College of Medicine.

– Sir Simon Wessely, presidente da Royal Society of Medicine e Psiquiatra no King’s College Hospital.

– Professor David Nutt, professor de neuropsicofarmacologia na Imperial College London, especializado na investigação dos efeitos das drogas no cérebro humano e na sociedade.

– Professora Rosalind Picard, professora no MIT e especialista mundial na aplicação da Inteligência Artificial no diagnóstico da doença mental e no desenvolvimento de um smartwatch capaz de detetar precocemente convulsões em doentes com epilepsia.

Consulte aqui o programa e o portfolio do evento.

Mar
27
Sex
2020
Dia Nacional do Dador de Sangue
Mar 27@13:23_14:23

O Instituto Português do Sangue e da Transplantação, IP (IPST) comemora o Dia Nacional do Dador de Sangue, assinalado a 27 de Março.

Podem doar sangue todas as pessoas com bom estado de saúde, com hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Para uma primeira dádiva, o limite de idade é 60 anos.

A dádiva de sangue é benévola e não remunerada. A doação de sangue pode ser feita de quatro em quatro meses pelas mulheres e de três em três meses pelos homens.

Os tipos de sangue que existem são A, O, que são os mais comuns, AB e B, que são mais raros.

As pessoas com sangue do tipo O podem doar sangue para qualquer pessoa, mas só podem receber doações de pessoas com o mesmo tipo de sangue. Por outro lado, as pessoas do tipo AB podem receber sangue de qualquer pessoa, mas só podem doar para pessoas com o mesmo tipo sanguíneo.

Já pessoas com sangue do tipo A podem doar apenas para outras do tipo A ou tipo AB, assim como as do tipo B só podem doar para B e AB.

Para além dos tipos de sangue, existe o fator RH, que determina se o tipo de sangue é positivo ou negativo e influencia na compatibilidade sanguínea. Assim, pessoas com sangue positivo podem receber de pessoas com qualquer RH, mas só podem doar para outras com sangue positivo. Enquanto que, se o sangue tiver RH negativo, podem doar para pessoas com sangue positivo ou negativo, mas só podem receber negativo.

Dê sangue! Partilhe o melhor de si!

Fonte: https://www.sns.gov.pt

Abr
17
Sex
2020
Dia Mundial da Hemofilia
Abr 17 todo o dia
Dia Mundial da Hemofilia @ Rua Augusto Macedo, Nº 12-D - Esc. 2, 1600-503 Lisboa | Lisboa | Lisboa | Portugal

O Dia Mundial da Hemofilia celebra-se a 17 de abril. Esta data é também conhecida como Dia Mundial do Hemofílico e é assinalada desde 1989.

O dia 17 de abril foi escolhido para celebrar o Dia Mundial da Hemofilia por ser o aniversário de Frank Schnabel, o fundador da Federação Mundial do Hemofilia, uma organização sem fins lucrativos que atua em 113 países do mundo. O objetivo deste dia é consciencializar as populações para a hemofilia e para outras desordens sanguíneas.

A hemofilia é uma anomalia do sangue caracterizada por uma demora ou uma falta de coagulação, sendo que a menor ferida pode provocar uma grave hemorragia.

Esta é uma afeção hereditária, transmitida pelas mulheres, que ataca sobretudo os homens. A forma mais comum de desordem é a hemofilia A, presente em 1 de 5.000-10.000 nascimentos masculinos. Já a hemofilia B acontece em aproximadamente 1 de 20,000-34,000 nascimentos masculinos.

Em Portugal não existe um registo nacional sobre a hemofilia, estimando-se que exista um milhar de pessoas com esta doença.

Abr
18
Sáb
2020
Dia Europeu dos Direitos dos Doentes
Abr 18 todo o dia

Celebra-se, a 18 de Abril, o Dia Europeu dos Direitos dos Doentes.

Este dia nasceu com o intuito de garantir que sejam respeitados os valores fundamentais reconhecidos pela Carta Europeia dos Direitos dos Doentes.

Dentro do espaço europeu, independentemente dos meios financeiros e da nacionalidade, é imperioso garantir que os cidadãos possam aceder a serviços de saúde de qualidade, mesmo quando o tratamento não está disponível no seu país de origem ou quando tem mais qualidade noutro Estado Membro.

O reforço e o respeito pelos direitos dos doentes só serão efetivos com a cooperação e o empenho de todos os profissionais da área da saúde em cada país da União Europeia. Assim, é essencial aumentar a consciencialização sobre a importância dos direitos dos doentes, bem como as responsabilidades de todos para garantir a seu respeito.

Fonte: https://www.sns.gov.pt

Abr
23
Qui
2020
7th International Conference on Myelodysplatic Syndromes
Abr 23@09:00_Abr 25@18:00
April 23 – April 25, 2020
Mandelieu, France
Chairs : Pierre Fenaux, Uwe Platzbecker, Mikkael Sekeres
Mar
27
Sáb
2021
Dia Nacional do Dador de Sangue
Mar 27@13:23_14:23

O Instituto Português do Sangue e da Transplantação, IP (IPST) comemora o Dia Nacional do Dador de Sangue, assinalado a 27 de Março.

Podem doar sangue todas as pessoas com bom estado de saúde, com hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Para uma primeira dádiva, o limite de idade é 60 anos.

A dádiva de sangue é benévola e não remunerada. A doação de sangue pode ser feita de quatro em quatro meses pelas mulheres e de três em três meses pelos homens.

Os tipos de sangue que existem são A, O, que são os mais comuns, AB e B, que são mais raros.

As pessoas com sangue do tipo O podem doar sangue para qualquer pessoa, mas só podem receber doações de pessoas com o mesmo tipo de sangue. Por outro lado, as pessoas do tipo AB podem receber sangue de qualquer pessoa, mas só podem doar para pessoas com o mesmo tipo sanguíneo.

Já pessoas com sangue do tipo A podem doar apenas para outras do tipo A ou tipo AB, assim como as do tipo B só podem doar para B e AB.

Para além dos tipos de sangue, existe o fator RH, que determina se o tipo de sangue é positivo ou negativo e influencia na compatibilidade sanguínea. Assim, pessoas com sangue positivo podem receber de pessoas com qualquer RH, mas só podem doar para outras com sangue positivo. Enquanto que, se o sangue tiver RH negativo, podem doar para pessoas com sangue positivo ou negativo, mas só podem receber negativo.

Dê sangue! Partilhe o melhor de si!

Fonte: https://www.sns.gov.pt

Abr
17
Sáb
2021
Dia Mundial da Hemofilia
Abr 17 todo o dia
Dia Mundial da Hemofilia @ Rua Augusto Macedo, Nº 12-D - Esc. 2, 1600-503 Lisboa | Lisboa | Lisboa | Portugal

O Dia Mundial da Hemofilia celebra-se a 17 de abril. Esta data é também conhecida como Dia Mundial do Hemofílico e é assinalada desde 1989.

O dia 17 de abril foi escolhido para celebrar o Dia Mundial da Hemofilia por ser o aniversário de Frank Schnabel, o fundador da Federação Mundial do Hemofilia, uma organização sem fins lucrativos que atua em 113 países do mundo. O objetivo deste dia é consciencializar as populações para a hemofilia e para outras desordens sanguíneas.

A hemofilia é uma anomalia do sangue caracterizada por uma demora ou uma falta de coagulação, sendo que a menor ferida pode provocar uma grave hemorragia.

Esta é uma afeção hereditária, transmitida pelas mulheres, que ataca sobretudo os homens. A forma mais comum de desordem é a hemofilia A, presente em 1 de 5.000-10.000 nascimentos masculinos. Já a hemofilia B acontece em aproximadamente 1 de 20,000-34,000 nascimentos masculinos.

Em Portugal não existe um registo nacional sobre a hemofilia, estimando-se que exista um milhar de pessoas com esta doença.

Abr
18
Dom
2021
Dia Europeu dos Direitos dos Doentes
Abr 18 todo o dia

Celebra-se, a 18 de Abril, o Dia Europeu dos Direitos dos Doentes.

Este dia nasceu com o intuito de garantir que sejam respeitados os valores fundamentais reconhecidos pela Carta Europeia dos Direitos dos Doentes.

Dentro do espaço europeu, independentemente dos meios financeiros e da nacionalidade, é imperioso garantir que os cidadãos possam aceder a serviços de saúde de qualidade, mesmo quando o tratamento não está disponível no seu país de origem ou quando tem mais qualidade noutro Estado Membro.

O reforço e o respeito pelos direitos dos doentes só serão efetivos com a cooperação e o empenho de todos os profissionais da área da saúde em cada país da União Europeia. Assim, é essencial aumentar a consciencialização sobre a importância dos direitos dos doentes, bem como as responsabilidades de todos para garantir a seu respeito.

Fonte: https://www.sns.gov.pt

Mar
27
Dom
2022
Dia Nacional do Dador de Sangue
Mar 27@13:23_14:23

O Instituto Português do Sangue e da Transplantação, IP (IPST) comemora o Dia Nacional do Dador de Sangue, assinalado a 27 de Março.

Podem doar sangue todas as pessoas com bom estado de saúde, com hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Para uma primeira dádiva, o limite de idade é 60 anos.

A dádiva de sangue é benévola e não remunerada. A doação de sangue pode ser feita de quatro em quatro meses pelas mulheres e de três em três meses pelos homens.

Os tipos de sangue que existem são A, O, que são os mais comuns, AB e B, que são mais raros.

As pessoas com sangue do tipo O podem doar sangue para qualquer pessoa, mas só podem receber doações de pessoas com o mesmo tipo de sangue. Por outro lado, as pessoas do tipo AB podem receber sangue de qualquer pessoa, mas só podem doar para pessoas com o mesmo tipo sanguíneo.

Já pessoas com sangue do tipo A podem doar apenas para outras do tipo A ou tipo AB, assim como as do tipo B só podem doar para B e AB.

Para além dos tipos de sangue, existe o fator RH, que determina se o tipo de sangue é positivo ou negativo e influencia na compatibilidade sanguínea. Assim, pessoas com sangue positivo podem receber de pessoas com qualquer RH, mas só podem doar para outras com sangue positivo. Enquanto que, se o sangue tiver RH negativo, podem doar para pessoas com sangue positivo ou negativo, mas só podem receber negativo.

Dê sangue! Partilhe o melhor de si!

Fonte: https://www.sns.gov.pt

Abr
17
Dom
2022
Dia Mundial da Hemofilia
Abr 17 todo o dia
Dia Mundial da Hemofilia @ Rua Augusto Macedo, Nº 12-D - Esc. 2, 1600-503 Lisboa | Lisboa | Lisboa | Portugal

O Dia Mundial da Hemofilia celebra-se a 17 de abril. Esta data é também conhecida como Dia Mundial do Hemofílico e é assinalada desde 1989.

O dia 17 de abril foi escolhido para celebrar o Dia Mundial da Hemofilia por ser o aniversário de Frank Schnabel, o fundador da Federação Mundial do Hemofilia, uma organização sem fins lucrativos que atua em 113 países do mundo. O objetivo deste dia é consciencializar as populações para a hemofilia e para outras desordens sanguíneas.

A hemofilia é uma anomalia do sangue caracterizada por uma demora ou uma falta de coagulação, sendo que a menor ferida pode provocar uma grave hemorragia.

Esta é uma afeção hereditária, transmitida pelas mulheres, que ataca sobretudo os homens. A forma mais comum de desordem é a hemofilia A, presente em 1 de 5.000-10.000 nascimentos masculinos. Já a hemofilia B acontece em aproximadamente 1 de 20,000-34,000 nascimentos masculinos.

Em Portugal não existe um registo nacional sobre a hemofilia, estimando-se que exista um milhar de pessoas com esta doença.